Science & Tech

Como referenciar vídeos do YouTube em trabalhos acadêmicos | ABNT


Se você pretende publicar uma pesquisa científica ou está escrevendo um TCC, provavelmente está em busca de saber como referenciar vídeos do YouTube em trabalhos acadêmicos, especialmente os que exigem as normas da ABNT.

Com a democratização do acesso a novas tecnologias e novos meios de comunicação, faz-se necessário referenciá-los da maneira correta, assim como é feito para artigos ou livros. Pensando nisso, reunimos algumas informações úteis que vão permitir você citar as fontes em vídeo, além de referenciá-las no final da publicação. Confira abaixo mais detalhes!

Como fazer citação de vídeos do Youtube

Ao incluir uma citação de algum vídeo do YouTube, tenha em mente que ela é feita de forma similar à metodologia tradicional. A fala deve ser escrita da mesma forma como foi dita, entre aspas, seguido de (SOBRENOME, ano da publicação). Por exemplo: “Turururururuuuuu” (CANALTECH, 2022).


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

Para fazer uma citação direta, o texto virá entre aspas e o sobrenome do autor deve vir escrito de forma normal, sem necessariamente estar em caixa alta. Para usar uma citação indireta, o processo segue o mesmo padrão de (SOBRENOME, ano da publicação), mas com o texto parafraseado.

Veja como referenciar vídeos do YouTube em trabalhos acadêmicos usando as normas da ABNT (Montagem: Matheus Bigogno)

O melhor método fica a critério de quem está escrevendo, já que o processo é bastante subjetivo. No entanto, as citações precisam ser feitas da forma correta, como foram listadas acima.Acaba que o processo não é tão complexo quanto aparenta, mas ele é bastante sistemático.

Como fazer referência de vídeo do YouTube

Com a citação devidamente incluída no trabalho, chegou a hora de referenciá-los na parte final do texto, na seção de referências bibliográficas. Embora isso seja feito de forma similar à forma padrão, deve-se incluir algumas informações extras, como por exemplo a URL, data de acesso e mais alguns detalhes. Confira o formato:

SOBRENOME, Nome do autor do vídeo (ou nome do canal). Título do vídeo. YouTube, data da publicação. Disponível em: link do vídeo. Acesso em: data que o vídeo foi acessado.

Para exemplificar, pegamos um vídeo do Canaltech no YouTube, cujo título é “Por que seu celular não pode ter uma bateria maior?”. Confira como ele deverá ser referenciado:

CANALTECH. Por que seu celular não pode ter uma bateria maior? YouTube, 13 jun. 2022. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=9ebIWA52vjo&ab_channel=Canaltech>. Acesso em 15 jun. 2022

Não se esqueça da formatação

Para qualquer trabalho acadêmico, é muito importante ficar atento às normas ABNT, para que seu trabalho fique bem organizado e estruturado. Embora seja possível formatar um documento no Google Docs, separamos algumas informações para você ficar de olho:

  • Papel: utilize o tamanho A4 de cor branca;
  • Fonte: “Times New Roman” ou “Arial”, tamanho 12, na cor: preta. Em citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé, legendas e tabelas a fonte deverá ter o tamanho 10;
  • Itálico: deve ser usado em palavras de outros idiomas. Esta orientação não se aplica às expressões em latim, como “apud” e “et al”;
  • Margens: são 2 cm para as margens direita e inferior, no entanto, serão 3 cm para as margens esquerda e superior;
  • Parágrafos / Espaçamento: 1,5 entre linhas, no entanto, as referências devem ser separadas umas das outras com espaçamento duplo;
  • Alinhamento do texto: deve estar em “Justificado”, para obter uma melhor organização e distribuição de espaço entre palavras;

Pronto! A partir de agora você já sabe exatamente como referenciar vídeos do YouTube em trabalhos acadêmicos, usando a ABNT.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.