Science & Tech

Coronavrus: casos aumentam e micron BA.2 responde por 84% dos resultados positivos


A presença da subvariante Ômicron BA.2 do coronavírus está aumentando rapidamente no Brasil, segundo uma pesquisa nacional divulgada pelo Instituto Todos pela Saúde (ITpS).

A subvariante foi identificada em 84,3% dos testes positivos de Covid-19 realizados no Brasil (com exceção dos municípios da região Norte) entre os dias 17 e 23 de abril. Em 9 de abril, a prevalência period de 69,3%. Os primeiros casos foram registrados no país em fevereiro.

A BA.2 vem da variante Ômicron do coronavírus e é mais transmissível que a BA.1. Uma pesquisa da USP indica que o risco de surgimento de variantes mais perigosas nos próximos meses é alto.

Depois de uma análise de mais de 70.267 testes positivos, coletados pelos laboratórios Dasa e DB Molecular, a sublinhagem Ômicron BA.2 teve presença confirmada em 122 municípios de 13 estados.

Os pesquisadores também observaram que, após o relaxamento das medidas sanitárias de proteção contra a Covid-19 no Brasil, o percentual de testes positivos saltou de 6,2% para 11,7% em duas semanas. Além disso, o aumento dos casos de coronavírus ocasionados pela Ômicron BA.2 ocorreu de maneira diferente conforme a faixa etária e os estados analisados.

Todos os grupos etários brasileiros tiveram aumentos importantes na taxa de testes positivos, com exceção de crianças de 0 a 9 anos e os adultos de 20 a 29 anos. Somente entre os idosos de mais de 80 anos a positividade quadruplicou de 3% em 16 de abril para 12% na última semana analisada.

Já com relação aos estados, Minas Gerais viu o índice mais do que duplicar, passando de 6% para 14%. Em São Paulo, por sua vez, o salto foi de 7% para 11%.





Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.