Business News

Dexco (DXCO3) vê lucro líquido crescer 29% no 1º trimestre


A Dexco (DXCO3) reportou lucro líquido de R$ 223,715 milhões no 1T22, valor 29,5% maior que os R$ 172,699 milhões aferidos no 1T21.

O lucro líquido recorrente, entretanto, recuou 10,8% na comparação com o 1T21, passando de R$ 222,440 milhões para R$ 198,322 milhões agora.

O Ebitda ajustado e recorrente cresceu 1,6%, indo a R$ 503,675 milhões no trimestre analisado, contra R$ 495,922 milhões há um ano – merchandise ajustado por eventos não caixa advindos da variação do valor justo dos ativos biológicos e combinação de negócios, além de eventos extraordinários, segundo a Dexco.

A margem Ebitda recuou 4,4 pontos percentuais, para 23,6%.

Segundo a empresa, “este desempenho é fruto do processo de reestruturação passado pela companhia nos últimos anos, em especial do foco de direcionar seus produtos para mercados mais resilientes e explorar melhor o potencial das suas marcas”.

O lucro por ação subiu 20,2%, de R$ 0,2505 no 1T21 para R$ 0,3011 no 1T22.

A receita líquida consolidada subiu 20,5%, para R$ 2,131 bilhões no 1T22, contra R$ 1,768 bilhão do 1T21.

O resultado foi “devido à base de preços superior àquela reportada no primeiro trimestre de 2021 e aos aumentos de preços anunciados no início de 2022, explica a Dexco.

“Os aumentos de preços levaram ao crescimento da receita unitária de todas as divisões, quando comparado com o 4T21, porém não suficiente para compensar a retração de volume, refletindo assim na queda de 5,3% da receita em relação àquele período”, escreveu a empresa.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.



Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.