Science & Tech

Fortnite: Epic Games vence processo judicial contra venda ilegal de contas


Após um ano na Justiça, a Epic Games ganhou o processo judicial contra Brandon Despotakis, também conhecido como BlazeFN, que vendia ilegalmente contas com itens raros dentro do Fortnite. Em comunicado, a desenvolvedora ressaltou o quão grave é a ação e destacou que a empresa sempre buscará todas as opções possíveis para resolver e punir casos como esse. 

“Vender contas de jogadores comprometidas e tecnologias de trapaça coloca as informações das pessoas em risco e arruína a experiência das pessoas que estão jogando de forma justa. Levamos a venda ilegal desses itens a sério e buscaremos todas as opções disponíveis para certificar que nossos jogos permaneçam divertidos, justos e nunca paguem para ganhar”, escreveu a editora, conforme relatou o Gamespot.

publicidade

Leia mais!

Detalhes do acordo não foram divulgados, bem como nem a quantia de vendas realizadas ou quantas pessoas compraram as contas dentro do jogo. Outros jogadores que venderam e também compraram através da loja BlazeFN também podem estar sujeitos a penalidades, embora a Epic ainda não tenha indicado se eles seguirão essa linha de ação. Além do fechamento da loja, o réu ficou obrigado a pagar uma indenização a desenvolvedora; o valor não foi revelado, mas a Epic anunciou que o valor será repassado para um hospital infantil.

Fortnite: Epic Games vence processo judicial contra venda ilegal de contas. Imagem: Reprodução/Epic Games

“Ei, pessoal, aqui é BlazeFN. Até muito recentemente, eu vendia cheats não autorizados do Fortnite e comprometeu contas de jogadores. Não farei mais isso porque a Epic Games me pegou e iniciou um processo legal contra mim na Austrália. Gostaria de pedir desculpas à comunidade Fortnite. O que fiz foi ilegal e deu aos jogadores uma vantagem injusta sobre outras pessoas que jogam de acordo com as regras. Não farei isso nunca mais”, declarou Despotakis em seu Twitter recentemente, após a decisão da Justiça. O rapaz também pediu para que ninguém entrasse mais em contato com ele a respeito de cheats. 

Desenvolvido pela Epic Games, Fortnite foi lançado originalmente em 2017 como um jogo de sobrevivência. O sport se tornou um fenômeno, principalmente após incluir o modo Battle Royale e personagens icônicos da cultura pop, como “Star Wars” e Marvel Studios

A venda de contas que BlazeFN realizava dava além de itens raros, ferramentas, truques e diversas outras assistências para que o jogador ficasse a frente de jogadores inimigos. A compra ou venda de contas Fortnite é uma clara violação dos termos do jogo.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 


Todo mês, obtenha itens exclusivos, jogos grátis,
uma assinatura gratuita na Twitch.television e muito mais
com sua assinatura Prime.
Clique aqui para um teste gratuito de 30 dias.





Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.