Business News

Méliuz (CASH3) reverte lucro e tem prejuízo de R$ 6,5 mi no 1º trimestre


A Méliuz (CASH3) registrou prejuízo líquido de R$ 6,5 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), revertendo lucro de R$ 3 milhões do mesmo trimestre de 2021.

O quantity bruto negociado (GMV, na sigla em inglês) da Méliuz (CASH3) foi de R$ 1,6 bilhão entre janeiro e março deste ano, um crescimento de 66% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

“Esse aumento expressivo do GMV confirma a assertividade da nossa estratégia de reforçar e engajar nossa base de usuários ao longo de 2021, trazendo resultados tangíveis em volume já no começo de 2022”, escreveu a empresa no relatório de administração que acompanha o balanço.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da Méliuz (CASH3) foi negativo em R$ 17,1 milhões no 1T22, uma melhora de 67% em relação ao 4T21.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu % nos três primeiros meses do ano, alta de 4 p.p. frente a margem registrada em 1T21.

Receitas

A receita líquida da Méliuz (CASH3) somou R$ 90 milhões entre janeiro e março deste ano, alta de 74% na comparação com igual etapa de 2021.

“Historicamente, nossa receita líquida do primeiro trimestre de cada ano é superior à do trimestre anterior, ouseja, do quarto trimestre do ano anterior”, explica a empresa.

Conforme a Méliuz (CASH3), “isso ocorre porque parte relevante das vendas geradas no quarto trimestre, período sazonalmente mais forte por conta da Black Friday e eventos de final de ano, são contabilizadas no resultado do primeiro trimestre.”

“Essa dinâmica teve impacto reduzido no 1T22, devido ao maior reconhecimento da receita referente ao período da Black Friday no próprio 4T21, fazendo com que um percentual menor das vendas referentes ao 4T21 incidissem sobre o resultado do 1T22”, acrescentou.

Mais sobre balanço Méliuz (CASH3)

O lucro bruto da Méliuz (CASH3) foi de R$ 6,7 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma elevação de 31,3% na mesma etapa de 2021. A margem bruta foi de 30% no 1T22, uma redução de 5 p.p. na comparação com igual etapa de 2021.

As despesas operacionais somaram R$ 108,9 milhões no 1T22, uma redução de 28% em relação ao quarto trimestre de 2021.

A companhia encerrou o trimestre com um whole de 23,6 milhões de contas abertas no Méliuz, um crescimento de 44% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando alcançou 16,4 milhões.

No ultimate de março de 2022, a companhia atingiu 8,6 milhões de usuários ativos.

Take price

O take price da Méliuz (CASH3) foi de 6,3% no 1T22, um aumento de 0,5 ponto percentual em relação o mesmo período do ano anterior, quando foi registrado 5,7%, crescimento explicado principalmente pelas melhores negociações com os parceiros ao longo do trimestre, explica a empresa no relatório.

“Cada vez mais nos consolidamos para os parceiros como uma ferramenta fundamental de aumento de vendas e tráfego qualificado de clientes”.

Foram 46 milhões de visitas pelo aplicativo do Méliuz, um aumento de 44% em relação ao 1T21. Somando-se aos 19 milhões de visitas pelo website e aos 900 mil do plug-in ativo do navegador, alta de 27% em relação ao 1T21, foram 66 milhões de visitas ao ambiente Méliuz.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.



Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.