Science & Tech

Meta condenada a pagar R$ 10 mil a dentista de SP que teve Instagram hackeado


A Meta poderá pagar uma indenização de R$ 10 mil a uma dentista e influenciadora de Bauru, no inside de São Paulo, por danos morais após seu perfil no Instagram ter sido hackeado em dezembro de 2021. A empresa ainda pode recorrer da decisão emitida na última quarta-feira pelo juiz Rodrigo Otávio Machado de Melo, da 2ª Vara da Justiça Estadual de Bauru.

A dentista, que se denominou no processo como “Instagramer” da sua área de atuação, a odontologia estética, diz que uma falha na segurança da rede provocou a invasão, a partir da qual hackers passaram a usar seu perfil para vender produtos, exibindo preços e uma conta PIX para depósito. O golpe, cada vez mais comum, causou a supensão do perfil da dentista.

“Trata-se de atividade que, atualmente, está frequentemente sujeita a fraudes, e na realização da qual, se não tem condições de atuar com whole controle e segurança, deve assumir o risco e o ônus do mal resultado derivado da falha na prestação do serviço”, entendeu o magistrado na sentença.

Caberia, então, à Meta comprovar que não foi negligente em permitir o acesso dos hackers e “facilitado a atividade do estelionatário”. A condenção também fala sobre como a dentista não foi capaz de reaver o seu perfil. A situação caracterizaria, então, danos morais por “demonstrar a lesão aos atributos inerentes aos direitos de personalidade”, além de enfileirar sentimentos de “aborrecimento, desassossego, frustração ou desconforto, gerador de transtornos”.

E você, também já teve problemas com as suas contas nas redes sociais? O que achou da decisão?



Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.