Science & Tech

realme fala sobre produo nacional, sustentabilidade, mercado brasileiro e mais


Na última quarta-feira (18), a realme realizou um evento de lançamento dos celulares GT 2 Pro e C35 no Brasil. Além de revelar os preços nacionais oficiais dos dispositivos, a empresa também falou um pouco sobre suas perspectivas de crescimento, estratégias para se destacar no mercado e os planos para o futuro.

O TudoCelular marcou presença no evento e teve an opportunity de conversar com Marcelo Sato, Gerente de Vendas da realme Brasil, que falou um pouco sobre como a marca pretende expandir sua linha de produtos por aqui, além de também otimizar seu processo de produção ao implementar novos conceitos de sustentabilidade em linhas de entrada.



Realme GT 2 Pro: top de linha equilibrado com pre





Android
18 Mai




realme GT 2 Pro e C35 s





Lanamentos
18 Mai


Dentre os principais destaques do novo GT 2 Pro, está uma EcoBox com um fone de ouvido sem fio Buds Air 2, uma pulseira inteligente Band 2, um combo exclusivo para o mercado brasileiro que tem como base a sustentabilidade, já que a embalagem do produto visa reduzir ao máximo os componentes plásticos, que são tão prejudiciais ao meio ambiente.

Em entrevista com Marcelo Sato, pudemos descobrir que os conceitos de sustentabilidades adotados para o modelo topo de linha também devem ser expandidos para outros aparelhos da marca, incluindo modelos de entrada.

Toda inovação é começada pelos modelos flagships, pois o custo de produção inicial é maior, mas isso vai descendo para outras linhas a partir do momento em que vamos aprimorando o processo. Um exemplo disso é o 9 Pro Plus, que trouxemos uma Estabilização Ótica para um produto nesse segmento de preço que não existia, e pouco a pouco a gente desce as tecnologias dos nossos flagships para os outros modelos.

Mesmo estando em atividade no Brasil há pouco mais de um ano, temos visto que os dispositivos da realme têm chegado em um curto espaço de tempo no mercado nacional em relação ao lançamento internacional, sendo muitas vezes mais ágeis do que algumas concorrentes. Ao falar sobre esse processo, Sato revela que eles pretendem agilizar ainda mais os futuros lançamentos e encurtar a distância entre o mercado internacional e o brasileiro.

Nosso objetivo é fazer com que o tempo de lançamento do international para o brasileiro seja cada vez menor. Nosso objetivo para este ano é que esse tempo seja inferior a um mês.

Sato também revela que a marca tem interesse na produção nacional, mas que isso ainda está nos planos para o futuro. Apesar da falta de uma previsão concreta, o executivo ressalta que a empresa tem analisado todas as opções para ser o mais competitiva possível.

Por falar nos produtos realme no Brasil, embora a marca já traga produtos como os fones de ouvido, celulares, bands e relógios, existem outros produtos de IOT que ainda não chegaram por aqui. Ao ser questionado sobre isso, Marcelo Sato revela que já está nos planos da empresa expandir a linha de produtos no Brasil.

Atualmente, nosso principal foco são os smartphones, mas nossa intenção sim é aumentar a linha de produtos, principalmente nos dispositivos inteligentes.

Sato afirma que o mercado brasileiro tem sido bem receptivo aos produtos da marca e que já é possível se destacar em relação aos concorrentes. Apesar de grande parte dos canais de venda da marca estarem voltados para o e-commerce, Sato diz que a marca tem planos de crescimento em relação aos canais de venda e de exposição dos produtos, citando como exemplo a recente parceria com as Lojas Americanas para o lançamento do GT 2 Pro.

Ao longo do evento e de nossa entrevista, pudemos notar que a realme realmente está engajada com o mercado brasileiro e principalmente em criar vínculos com seus fãs, que inclusive estavam presentes no lançamento, o que é algo raro de se ver.

E você, acha que a realme tem possibilities de se tornar uma das líderes de mercado no Brasil?

realme GT 2 Pro




Especificações técnicas

  • Tela LTPO AMOLED de 6,7 polegadas com resolução QHD+
  • Display com furo, Gorilla Glass Victus e taxa de atualização de 120 Hz
  • Plataforma Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1
  • GPU Adreno 730
  • 8 GB ou 12 GB de memória RAM LPDDR5
  • 512 GB de armazenamento interno UFS 3.1
  • Câmera frontal de 32 MP
  • Três câmeras traseiras:

    • Lente principal com sensor de 50 MP
    • Lente ultrawide com sensor de 50 MP
    • Lente microscópica com sensor de 2 MP

  • Conexão 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2 e NFC
  • Bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 65W
  • realme UI 3.0 com Android 12
  • Dimensões: 163 x 74,7 x 8,18 mm
  • Peso: 189g

realme C35











75.6 x 164.4 x 8.1 mm
6.6 polegadas – 2408×1080 px



Especificações técnicas

  • Tela IPS LCD de 6,6 polegadas com resolução Full HD+
  • Display com entalhe e taxa de atualização de 60 Hz
  • Plataforma UNISOC T616
  • GPU Mali-G57
  • 4 GB de memória RAM LPDDR4X
  • 128 GB de armazenamento interno
  • Memória expansível com cartão Micro SD
  • Câmera frontal de 8 MP
  • Três câmeras traseiras:

    • Lente principal com sensor de 50 MP
    • Lente de profundidade com sensor de 2 MP
    • Lente macro com sensor de 2 MP

  • Conexão 4G, Bluetooth 5.0, Wi-Fi Dual Band e entrada P2
  • Bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 18W
  • realme UI R Edition com Android 11
  • Dimensões: 164,4 x 75,6 x 8,1 mm
  • Peso: 189 gramas



Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.